Blog

Histórico do início do trabalho de homem batistas no Brasil

25/06/2010 09:02

 

 

        Eu Costumo falar que nosso histórico é meio complicado, pela razão que começou e principalmente pela necessidade que existia naquela ocasião em evangelizar. A primeira organização masculina batista do Brasil foi criada em 4 de junho de 1916 na Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, com a presença de onze homens. Após isto muitos grupos de homens funcionavam em várias igrejas com diversos nomes: União de Homens, Sociedade Cooperadora de Homens, Departamento Masculino de Evangelização, Gideões, etc. Lembramos com gratidão a Deus pela vida e dedicação dos pioneiros do trabalho batista no Brasil, quando saíam evangelizando pessoalmente, pregando o Evangelho ao ar-livre, distribuindo literatura evangélica de casa em casa, organizando e mantendo pontos de pregação, congregações e novas igrejas. O resultado foi a repetição da história da igreja primitiva: "acrescentavam-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos". Atos 2:47
        Em 15 de janeiro de 1944, Francisco Manoel do Nascimento, Secretário-Geral e Tesoureiro da União Geral das Sociedades Cooperadoras de Homens, lançava através da Casa Publicadora Batista, o Pequeno Manual das Sociedades Cooperadoras de Homens com o apoio dos homens das igrejas batistas do Rio de Janeiro, dos pastores José de Miranda Pinto, Dr. António Neves de Mesquita e Nelson Miranda.
Em 1947, o Departamento Masculino de Atividades Missionárias foi transformado em Divisão Masculina de Atividades Missionárias, sendo chefiado pelo pastor Edson José Machado.
        Em 1963, os homens adultos sonhavam com uma organização missionária e com a ampliação do trabalho masculino. Foi então oficializada a Sociedade Cooperadora de Homens e preparada a primeira edição do Guia do Cooperador pelos pastores William Alvin Hatton e Edson José Machado, contendo orientação para as SCH. Foi-lhe dado o nome de MANUAL DAS SOCIEDADES COOPERADORAS DE HOMENS.
Em 1970, quando na Convenção em Salvador-BA, foi realiza­da a I Assembléia de Homens Batistas do Brasil, marco histórico do inicio de nosso trabalho, sob a direção do irmão Alcides Cunha, hoje pastor.
        Em junho de 1977, o pastor José dos Reis Pereira, referindo-se à provável criação da União Masculina Missionária pela CBB, declarava: " Nós precisamos de paz e harmonia no Brasil batista para a vitória completa da Campanha Nacional de Evangelização e vitória para a década do Centenário. Nos homens organizados teremos elementos preciosismos para tais vitórias. É tempo de deixarmos de tecnicismo e idéias de reestruturação para aperfeiçoar ou racionalizar nosso trabalho. A obra do Senhor tem outras leis que transcendem nossos cálculos e esquemas humanos". Palavras proféticas e abençoadas até que...
        Em 23 de janeiro de 1978, a 60a Assembléia da Convenção Batista Brasileira, reunida em Recife-PE, criou a UMMBB, cujo primeiro presidente foi o Dr. Ophir Pereira de Barros e Secretário-Geral, o irmão Dirceu Amaro. Com a criação da União Masculina Missionária Batista do Bra­sil, atendeu-se ao desejo dos homens batistas de ter uma organiza­ção com uma estrutura própria que pudesse, sob a égide da Con­venção Batista Brasileira, realizar um trabalho dinâmico e que con­gregasse de fato, todos os homens batistas do Brasil. Com isso as organização; Embaixadores do Rei (que estava sob a responsabilidade da JUERP) e o Grupo de Ação  Missionária (que na época pertencia e  coordenadoria de educação religiosa da CBB) passaram a fazer parte da UMMBB. A UMMBB tem comprovado, ao longo de sua história, não ser apenas mais uma organização no cenário batista brasileiro. De norte a sul e de leste a oeste, os homens têm se colocado ao dispor de Deus para cumprir os desígnios reservados por Ele para as Sociedades Masculinas Missionárias, empenhando-se por manter a tradicional posição de sustentáculos das igrejas do Brasil.
        Em 20 de janeiro de 1998, na Assembléia Anual da UMMBB, realizado na cidade de Goiânia – GO, foi aprovada a mudança do nome de União Masculina Missionária Batista do Brasil para União de Homens Batista do Brasil, afim de seguir a nomenclatura de União Homens Batistas Latino-Americanos (UHBLA)

 

 

 

Enquete

Gostaria que tivesse mais atividades.

Evangelismo ? (6)
38%

louvor e Adoração ? (3)
19%

Discipulado ? (4)
25%

Ação Social ? (1)
6%

Serviço Cristão ? (0)
0%

Recreação ? (2)
13%

Total de votos: 16